As escolhas que fizeram o brasileiro Soul Gambler entrar no Steam

home   -    fale conosco   -   

twitter facebook orkut rss
faça sua busca aqui:

As escolhas que fizeram o brasileiro Soul Gambler entrar no Steam




As escolhas que fizeram o brasileiro Soul Gambler entrar no Steam


Talvez você já conheça ou tenha ouvido falar de Soul Gambler. Seja no Splitplay, Desura ou Nuuvem, ele já está disponível em vários lugares, mas agora, finalmente, chegou ao Steam e se junta à crescente lista de games brasileiros na loja da Valve.

Mas para chegar até onde estão, os desenvolvedores da Tlon Studios passaram por um árduo processo. Algo que envolve HQs, literatura, Fausto de Goethe , Kickstarter e Fallout.

O designer gráfico e ilustrador Caio Ribeiro Chagas é grande fã de HQs e mangás, mas também de games. “Quando eu o conheci eu vi que o que mais tinha na casa dele eram jogos e HQs”, fala Horacio Corral, que mais tarde formaria a Tlon Studios junto com Caio.

Mas a história de Soul Gambler começou antes, na Mother Gaia Studio (ou MGaia), onde Caio Ribeiro trabalhava e, unindo as duas paixões, resolveu criar uma HQ interativa em que o jogador escolhia o destino do personagem no estilo dos livros “Escolha A Sua Aventura”.

Por ironia do destino, logo no começo do projeto eles passaram por uma escolha tão decisiva quanto nos livro-jogos que os inspiraram ao conversar com ninguém menos que Chris Avellone, um dos desenvolvedores responsáveis por Fallout 2 e co-fundados da Obsidian, no BIG Festival de 2012.

Foi ele quem aconselhou os brasileiros a fazerem uma campanha de financiamento coletivo no Kickstarter para jogo. Eles poderiam abraçar a ideia (que na época era bem ousada) ou continuar tentando alguma coisa por aqui. Felizmente, a primeira opção levava para um passo bem grande no desenvolvimento do jogo.

A campanha de Soul Gambler no Kickstater foi um sucesso. Pedindo US$ 5 mil, os brasileiros conseguiram arrecadar US$ 5,800 no começo de 2013, o suficiente para desenvolver o jogo para mobile (o plano original) e PC. Foi na campanha do site de financiamento coletivo que Horacio Corral conheceu Caio e a Mother Gaia e se encantou com o projeto, muito por causa da originalidade da proposta para um jogo mobile. “A maioria dos jogos mobile são lançados partindo de conceitos arcade/fliperama”, fala. “Achei (Soul Gambler) interessantíssimo porque não só era um jogo com uma narrativa e personagens mais complexo”. Assim, iniciou a parceria que mudaria mais uma vez o destino do jogo.

No segundo semestre de 2013 a MGaia resolveu não continuar o desenvolvimento do Soul Gambler por “decisões estratégicas”, afirma Horacio (hoje o estúdio trabalha única e exclusivamente com jogos mobile). Nesse momento, mais uma bifurcação de escolhas apareceu no caminho de Soul Gambler. Deixar o jogo de lado ou tentar continuar o projeto ou outro lugar?

A segunda opção foi a escolhida por Caio Ribeiro e assim ele pulou mais algumas páginas na criação do jogo. Caio saiu da Mgaia e, junto com Horacio e mais o programador Rodolfo Beccari, fundaram a Tlon Studios para dar continuidade ao Soul Gambler.

De casa nova, os dois começaram a sonhar mais alto. O objetivo era o que eles conseguiram agora: chegar ao Steam. “Uma vez que a totalidade da propriedade intelectual do Soul Gambler passou para as mãos da Tlön Studios, nós tínhamos como objetivo levar o Soul Gambler para a maior quantidade de pessoas possível”, afirma Horácio.

Antes de chegar à loja da Valve, o jogo começou a ficar disponível em vários sites, como Desura e Indie Game Stand, fora os bundles de jogos indies, como o Brazilian Pack do Humble Bundle e o Greenlight Bundle no Indie Gala, o que ajudou na aprovação do game brasileiro no Greenlight. “ O jogo levou um mês para entrar e esteve entre os 25 jogos mais bem votados de todo o Greenlight”, conta Horacio. “Um par de semanas depois, no dia 25 de junho, estávamos lançando o jogo no Steam”.

Fausto de Tlon Studios

Até aqui falamos de como Soul Gambler foi desenvolvido, mas será que vale a pena jogá-lo? Bom, se você gosta de obras literárias, mangás, HQs adultas e narrativa em jogos, a resposta é sim, já que essas são algumas da influências do game.

As imagens deixam claro o estilo de histórias em quadrinhos, mas o enredo de Soul Glamber é totalmente baseado na obra “Fausto”, de Goethe. Além do nome do protagonista ser o mesmo, a premissa é idêntica ao livro clássico: Fausto está cansado de sua vida pacata, mas vê o seu destino transformado após fazer um pacto com um demônio.

Essa, porém, não foi a única inspiração para o jogo. “A história de Fausto do Goethe serviu como conceito para história, mas o jogo empresta elementos de mangás como Death Note e HQs adultas da série VERTIGO como HELLBLAZER (John Constantine), onde ideias como parcelamento de almas, acordos com demônios, bruxarias e elementos sobrenaturais são tratados de um jeito contemporâneo e muito interessante”, fala Horácio, completando que até mesmo HQs como Tin Tin serviram para dar um ar mais adulto e dinâmico para Soul Gambler.

Escolhas para o futuro

Agora que Soul Gambler chegou  ao Steam, a dupla da Tlon Studios já prepara uma grande atualização para o jogo. Horácio explica que atualmente eles estão refazendo o jogo desde o início para um Soul Gambler – Director’s Cut, “(o Director’s Cut) tornar real a visão que o Caio tinha originalmente para o projeto. A nova versão terá um estilo narrativo muito mais dinâmico e interessante do que a versão atual, uma trilha sonora completamente nova e novas cenas e escolhas”, revela.

Ele fala também que a Director’s Cut terá algumas pistas para a sequência de Soul Gambler.

Soul Gambler Director’s Cut vai estar disponível no Natal desse ano e será atualizada gratuitamente para quem já comprou a atual versão do game.

 

Fonte: KOTAKU


Tags: Brasileiro   Nuuvem   Soul Gambler   Steam  

post anterior - próximo post

Sobre o autor

Yamatai

Espalhe o amor, compartilhe nosso artigo

Comentários

Deixe o seu!










carregando


sobre o site

Sob a temática SNK, somos referência em emulação. Lançamos os emuladores Final Burn Evolution e NeoRAGEx 4.x, 5.0, 5.2 e 5.2a, além de dumps de ROMs e ferramentas de emulação. Tudo sobre emulação de NeoGeo, Naomi, Atomiswave, Playstation 2, Taito Type X, Taito Type X² e outros sistemas. Temos ROMs e ISOs para download, além de vasto conteúdo sobre SNK. Aproveite seu PC para jogar antigos clássicos de video game.

termos de uso

SNK, SNK Playmore e Neo-Geo são marcas registradas da SNK Playmore Corporation. Todos os direitos reservados. SNK-NeoFighters não tem nenhuma relação legal com SNK Playmore ou demais empresas que possam vir a ser citadas em alguma parte do site. Este é um website feito e administrado por fãs. O conteúdo é livre e está disponível na Internet para quem quiser pesquisar. Não nos responsabilizamos por conteúdos postados pelos usuários em nossos canais abertos, tais como: comentários, fórum, notícias, etc.

Copyright © 2018 Emulando games dos clássicos aos atuais. All rights reserved.
Powered by Emulando games dos clássicos aos atuais. Política