Bem vindo ao nosso forum ! É seu primeiro acesso?
Registro
Resultados 1 a 5 de 5
  1. #1

    [Review] Tuff e Nuff - Super Nintendo


    Talvez um dos clones mais ousados de Street Fighter 2 da era 16-bits. Tuff e Nuff da Jaleco, era um game de luta bem diferente do que estávamos acostumados a jogar. O game já começa nos mostrando um cenário pós apocalíptico, algo que não era muito comum em games de luta nesta época, outro fator interessante é o fato de o game ser pensando para um jogador solo, mas como assim? Todos games de luta não são assim? Tuff e Nuff tinha algo a mais em seu gameplay.

    No modo história, o game nos permite escolher entre 4 personagens, cada um com seu estilo de luta peculiar, nada incomum visto que já havíamos algo parecido em Fatal Fury 1 e Art of Fighting, o diferencial aqui fica por conta dos Powers Ups que ganhamos na medida que avançamos no game, avanço este que é dado por uma espécie de torre construída pelo vilão da trama afim de se isolar e se proteger dos pobres lacaios, algo como a casa dos cavaleiros de ouro em Cavaleiros do Zodíaco, bem interessante né, na torre existe um lutador para cada nível, até chegarmos ao topo onde enfrentamos o temido Jado? Não reparem nos nomes, algo que acho bem discutível neste game é justamente a escolha dos mesmos, mas enfim, um game com ótimos gráficos, um bom enredo aliado a uma boa jogabilidade e algumas músicas questionáveis, este é Tuff e Nuff que já começa esquisito no nome.


    |__CisNegro__|

  2. #2
    Ultimate Fighter Avatar de guiltygear
    Inicio
    Oct 2010
    Localização
    Bahia
    Posts
    13.316

    Re: [Review] Tuff e Nuff - Super Nintendo

    Eu conheci esse jogo como Dead Dance. Essas mudanças de nome por região só causam confusão.


    "Resident Evil Franchising Attorney"
    #VoltaRouken
    Emuladores
    Black Market Team

  3. #3
    Beginner Fighter
    Inicio
    Aug 2018
    Idade
    32
    Posts
    43

    Re: [Review] Tuff e Nuff - Super Nintendo

    Assisti a todo o vídeo aí do longplay e achei esse jogo legal demais. Excelentes músicas. Ele é bem desenhado. Tem vários personagens pra você enfrentar. Ele não é assim tão parecido com Street Fighter 2 , ele parece mais com double dragon. esse jogo não possui barras especias de ataques. Então só tem os ataques e as magias normais mesmo e nada de danger moves, o que faz ele nisso aí se assemelhar mais com o street fighter 2 e diferir dos art of fightings e fatal furys da época. Um belo jogo, eu achei. Ponto pra esse jogo. É de certeza que irei jogar.

  4. #4
    Winner Fighter Avatar de airhead
    Inicio
    Apr 2012
    Localização
    Brasilia
    Posts
    528

    Re: [Review] Tuff e Nuff - Super Nintendo

    Conheci como Dead Dance também (comprei no camelo na época)


    Detalhe que Jado é no mome do chefão nessa versão. Na americana (a do review) é Jade - bola fora do @cis_negro.
    Syoh e Zazi são clones a lá Ryu / Ken no SF II - outra bola fora (@cis_negro já devia estar em ritmo e férias).
    No começo do jogo, no modo história, você escolhe um dos quatro e enfrenta os três restantes para saber se é digno de enfrentar os guardiões da torre - típicos chefes de fase. Mas isso - enfrentar os outros três, é só firula mesmo para ter mais vs. figthing.
    O power ups dos especiais é legal, mas nada de mais - é sempre o mesmo golpe com mais efeito especial, por assim dizer.
    Mas nada disso importava na época, onde o camelo dizia assim na hora de vender "é tipo street fighter" e tua já imagina altos raduque, alekfull e yogavai/yogavem.
    Outra coisa era descobrir os golpes dos personagens - não tinha nada na capa e camelô não tinha manual.
    Vida ótima antes, afinal tudo era fruto do esforço, nada de pesquisar no google.
    Última edição por airhead; 3 Semanas Atrás às 19:15.

  5. #5

    Re: [Review] Tuff e Nuff - Super Nintendo

    Citação Postado originalmente por airhead Ver Post
    Conheci como Dead Dance também (comprei no camelo na época)


    Detalhe que Jado é no mome do chefão nessa versão. Na americana (a do review) é Jade - bola fora do @cis_negro.
    Syoh e Zazi são clones a lá Ryu / Ken no SF II - outra bola fora (@cis_negro já devia estar em ritmo e férias).
    No começo do jogo, no modo história, você escolhe um dos quatro e enfrenta os três restantes para saber se é digno de enfrentar os guardiões da torre - típicos chefes de fase. Mas isso - enfrentar os outros três, é só firula mesmo para ter mais vs. figthing.
    O power ups dos especiais é legal, mas nada de mais - é sempre o mesmo golpe com mais efeito especial, por assim dizer.
    Mas nada disso importava na época, onde o camelo dizia assim na hora de vender "é tipo street fighter" e tua já imagina altos raduque, alekfull e yogavai/yogavem.
    Outra coisa era descobrir os golpes dos personagens - não tinha nada na capa e camelô não tinha manual.
    Vida ótima antes, afinal tudo era fruto do esforço, nada de pesquisar no google.
    Você tem toda razão! Quando escrevi não me liguei no lance das versões, pra falar a verdade, não sabia dessa diferença para com o nome do boss mas de resto até que lembrei bem. O lance dos clones é como falei o game em si é um clone de Street Fighter, salvo suas excessões.

Tópicos Similares

  1. [Review]Super Alfred Chicken - Super Nintendo
    Por cis_negro no fórum Jogos Retro
    Respostas: 0
    Último Post: 23/09/2018, 16:06
  2. [Review] Hamelin no Violin - Super Nintendo
    Por cis_negro no fórum Jogos Retro
    Respostas: 0
    Último Post: 04/03/2018, 21:48
  3. [Review] Resident Evil 2 - Nintendo 64
    Por cis_negro no fórum Jogos Retro
    Respostas: 4
    Último Post: 24/01/2018, 04:34
  4. Respostas: 2
    Último Post: 31/10/2017, 19:12
  5. Respostas: 0
    Último Post: 30/10/2017, 21:49

Marcadores

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •