Brasil: ame-o ou faça como a Nintendo

home   -    fale conosco   -   

twitter facebook orkut rss
faça sua busca aqui:

Brasil: ame-o ou faça como a Nintendo




Brasil: ame-o ou faça como a Nintendo


Detesto dar notícias ruins, mas é isso mesmo: a Nintendo joga a toalha mais uma vez e, por enquanto, desiste de atuar em nosso país. Hoje a Gaming do Brasil deixou de ser a representante oficial da japonesa, ou seja, deixará de distribuir os jogos e os consoles Nintendo por aqui. O motivo é o mesmo de sempre, o Custo Brasil: logística, burocracia e impostos insanamente altos.

Outro bom motivo seria a recente alta do dólar, afinal a Gaming do Brasil trabalhava importando os consoles e games Nintendo. Enquanto a Apple pode se dar ao luxo de aumentar os preços, seria complicado para a Gaming do Brasil concorrer com a distribuição digital e o mercado cinza do importabando.

A Nintendo, cautelosa, nunca esteve de facto no Brasil e sempre dependeu de alguma parceira no país. Quem começou essa história foi a Gradiente, que fazia clones do NES (Phantom System) e uniu-se à Brinquedos Estrela para formarem a Playtronic, primeira representante oficial da Nintendo no Brasil. A Playtronic montava os consoles e traduzia os materiais impressos, caixas, embalagens, fugindo dos sempre altíssimos impostos de importação.

É Nintendo. Ou nada.

Aparentemente a Gradiente cuidava do trabalho braçal enquanto a Estrela fazia o marketing e a distribuição. Em 1997;, a Estrela acabou saindo da joint venture, deixando a Gradiente cuidando de tudo sozinha. Irônico, pois um ou dois anos depois a Gradiente aproveitaria bastante a onda Pokémon.

Logo após o lançamento do Gamecube no Brasil, a Gradiente sofreu com a escalada do dólar (chegou a quase 4 reais) e ela teve que abandonar a Nintendo. A japonesa ficou sem representação oficial no país até 2006;, quando houve o lançamento brasileiro do Nintendo DS Lite pela Latamel, empresa panamenha que logo depois lançaria oficialmente no país outro grande sucesso da Nintendo, o Wii.

Como trabalhava com importação, deixando garantia e assistência técnica a terceiros, os preços nunca foram lá muito agradáveis: o Wii mesmo custando somente US$ 250; nos Estados Unidos era oficialmente vendido aqui pela Latamel por assustadores R$ 2.399;,00; apenas 600; reais a menos que o valor cobrado pela Microsoft Brasil pelo Xbox 360;, também importado.

Em 2011;, enquanto a Microsoft Brasil começava a fabricação do Xbox 360; no país, a Nintendo trocava de distribuidor: saía a Latamel e chegava a Gaming do Brasil. Esta lançou o 3DS e relançou o Wii.

Dois anos depois lançaria o Wii U no país. Como o console não teve êxito em lugar algum, muito provavelmente permanecer no Brasil seria gasto desnecessário.

Quem dera a Nintendo tivesse uma representante fiel como a Tectoy o foi para a finada SEGA.

 

Fonte: MeioBit Games


Tags: brasil ame o ou faca como a nintendo  

post anterior - próximo post

Sobre o autor

Yamatai

Espalhe o amor, compartilhe nosso artigo

Comentários

Deixe o seu!










carregando


sobre o site

Sob a temática SNK, somos referência em emulação. Lançamos os emuladores Final Burn Evolution e NeoRAGEx 4.x, 5.0, 5.2 e 5.2a, além de dumps de ROMs e ferramentas de emulação. Tudo sobre emulação de NeoGeo, Naomi, Atomiswave, Playstation 2, Taito Type X, Taito Type X² e outros sistemas. Temos ROMs e ISOs para download, além de vasto conteúdo sobre SNK. Aproveite seu PC para jogar antigos clássicos de video game.

termos de uso

SNK, SNK Playmore e Neo-Geo são marcas registradas da SNK Playmore Corporation. Todos os direitos reservados. SNK-NeoFighters não tem nenhuma relação legal com SNK Playmore ou demais empresas que possam vir a ser citadas em alguma parte do site. Este é um website feito e administrado por fãs. O conteúdo é livre e está disponível na Internet para quem quiser pesquisar. Não nos responsabilizamos por conteúdos postados pelos usuários em nossos canais abertos, tais como: comentários, fórum, notícias, etc.

Copyright © 2018 Emulando games dos clássicos aos atuais. All rights reserved.
Powered by Emulando games dos clássicos aos atuais. Política